sexta-feira, 10 de Fevereiro de 2012

11 de Setembro

Muitas investigações foram feitas, muita boca foi mandada, muitas guerras iniciadas e muitas vidas foram levadas. Mas nenhum laudo plausível foi dado ao mundo. Os Estados Unidos da América não tiveram coragem de chegar e assumir a culpa pelos ataques de 11 de Setembro.
Eles acobardaram-se porque as falhas de segurança estavam logo ali à vista. O Pentágono sabe que o avião só foi assaltado porque os assistentes de bordo eram meros homens e mulheres; porque eles sabem que isso jamais aconteceria em Angola.

Se atacassem Angola, coisa que jamais acontecerá, mas prontos... Eles teriam que subir num voo da TAAG. Ali mesmo já é que o luxo iria começar a lhes entrar. Antes de embarcar, 3 horas de atraso. Dentro do avião vão petiscar mais 2 horitas de atraso. Todas as aeromoças te atendem já com uma cara de anti-terror. Iriam já tremer. Tentariam refastelar-se um pouquinho inclinando o banco, mas aquela lenha só iria mover 2 centímetros para baixo e nem um milímetro a mais. Ainda assim os passageiros de trás iriam reclamar exigindo que os terroristas voltassem a pôr as cadeiras nas suas posições padrão. Os terroristas, é claro, ficariam chateados, mas pensariam: Antes de matarmos essa gente, vamos só já comer, são muitas virgens lá em cima não dá para chegar "fobado". Mas é mesmo aí que a TAAG se excede, lhe é servido uma "comida", mas esse termo comida é uma expressão árabe para "catumbete". E assim eles começam já a se questionar sobre quem quer matar quem aí!

Assim que eles tentassem levantar para tomar o avião, viria uma daquelas aeromoças com a cara do Silvester Stallone na pele do Rambo e diria:
- Meus senhores, sentem-se agora. Não é momento para levantar.
Para já, ela nem vai querer saber se eles entendem português ou não.
Um deles que estaria "mbora" a lutar para falar português atiraria:
- Eu kaboom avião.
Ela começaria já a xinguilar, espíritos começariam a libertar-se do seu corpo, as pálpebras ficariam super dilatadas, e tudo isso só no segundo aviso.
- Você não entende o que é sentar? Sen.ta! | Nessa parte, só as vistas dela...
Começa já a segurar o pobre terrorista que quer apenas terminar sua missão, a lhe forçar a voltar aos seus assentos. Vá, senta, senta, senta! "Tás brincá cô vida" ou quê! Estás a pensar que isso aqui é o quê?

Insatisfeito e muito revoltado enquanto um deles tira uma pistola, o outro abre a camiseta mostrando a bomba pronta a ser detonada se as pessoas não colaborassem.
Nessa situação, as mulheres iriam entrar em pânico, mas colaborariam e deixariam os outros trabalhar. Entretanto, isso é muito desaforo para uma angolana levar em casa. Aí, iria vir já a chefe das assistentes (uma ex-sanzaleira de renome, a variação mais perigosa dessa mutação que é a angolana) pronta a interrogar os terroristas: - Mas que brincadeira é essa? Xé, tu aí fecha "mazé" essa camisa pá! O senhor não viu que não pode subir à bordo com esse tipo de material?
Quando um tenta responder ela abre já uma galheta da cara do terrorista: - Nunca mais tenta me responder estás a ouvir? Agora dá cá isso! - Tentando receber a pistola e a bomba.
Mas eles estavam remitentes. A "kota" só disse: Ninguém se mete. Vou tirar esses dois a "manuale"!
Aí instala-se o tumulto, bofetadas mais bofetadas, bicos da "chulipa", os passageiros estrangeiros a gritarem de medo enquanto que os angolanos gritavam: Bilô! Xê "tropeira" tira a câmera, tira a câmera!
Mas não é porque as vezes, chapada de angolana mata veado, imagina só numa pessoa. Depois de muito pontapé, todo mundo tonto, só uma voz era patente naquele meio e era a voz da chefe que proferia as seguintes palavras: Me larga! Te dei "né"? Te dei "né"? Fala mais! Muita boca, agora beberam chichi de porco.

E assim teríamos o problema resolvido. Mas Vamos Lá Ser Sinceros... Não se trata só do 11 de Setembro. Mesmo o Muammar Gaddafi só caiu porque insistia em pôr mulheres como suas seguranças. Se ele metesse angolanas... Iria ter "babulo" grande mas até hoje ele estaria vivo. Ninguém iria entrar no palácio. E simplesmente diriam às forças americanas: O Gaddafi "num" está. Saiu! - Fim de conversa!

14 comentários:

  1. voxe eh muito parvo mas falaste a verdade ....ahahahahh...LIsandra Barbosa

    ResponderEliminar
  2. Sofro todos os anos com esses voos da TAAG.. É pracaba!! hehe

    ResponderEliminar
  3. Eu admito. Eu sou bombô da TAAG! Já me brincaram de todas as formas. E desconfio q n acabaram ainda

    ResponderEliminar
  4. À propósito, é mto fx abrir o blog e encontrar os vossos comentários. Thx!

    ResponderEliminar
  5. Taag: o que o senhor vai querer comer?
    Passageiro: Peixe
    Taag: so tem carne
    Porris preguntou para kie, aka taag mata

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vc afinal sabe Mari! E só a cara d qm está a perguntar... Qqr um preferiria lidar com terroristas!

      Eliminar
  6. nao aguentei.... soltei uma tremenda gargalhada ... melhor varias gargalhadas... mto bom mesmo... dei pra< tudo mundo cá em casa ler....obs: ''imprimi'' hahahaha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Wow Nelmazinha! Vou me gabar durante essa semana toda, pela primeira vez algm imprimiu um texto meu. Muito Obrigado Mesmo!

      Eliminar
  7. hahahahhahahhaha muito bom, "num" se mete com Angolana

    ResponderEliminar
  8. Hahahahahaha....Adorei o artigo, realmente essas tias da Taag são mesmo terríveis.A ''Angolana'' sabe dificultar a vida de qualquer ''um''.

    ResponderEliminar
  9. Gosto da tua maneira de escrever! Realista com muito humor :)
    Matei-me de rir com este texto, apesar de ser uma triste realidade hahahahaha

    ResponderEliminar
  10. Epah no coments, essa cena ta mto boa, mesmo.

    ResponderEliminar

Motive-me com o seu comentário!